Desenvolvimento da Cor
25.000 Novas fórmulas de cor desenvolvidas todos os anos

A variedade de efeitos e variantes nas cores dos veículos está constantemente em evolução.

A Standox Axalta enfrenta estes desafios desenvolvendo anualmente cerca de 25.000 novas fórmulas de cor nos seus laboratórios de cor espalhados pelo mundo. O laboratório de cor Europeu desenvolve mensalmente uma média de 100 novas fórmulas. Em Xangai, China, o número ascende a cerca de 500. Os restantes laboratórios de cor em Tlanepantla, México e em Front Royal, EUA, também contribuem para o desenvolvimento de cores, em todos os laboratórios, os processos de desenvolvimento de cor estão normalizados com o objectivo de garantir a uniformidade dos resultados de cor.

"É a nossa função fornecer aos pintores profissionais da Standox a cor certa e necessária para assegurar uma correspondência de cor o mais precisa possível." Ann De Clerck, Axalta Color Marketing EMEA.


1. Em primeiro lugar, é muito importante conhecer as cores que vão aparecer nos próximos modelos de carro. Por esse motive, compilamos as gamas de cores dos fabricantes de automóveis assim como os padrões de cor para todas as cores.


2. As cores podem variar da cor padrão oficial se forem aplicadas em diferentes locais de produção OEM ou se o veículo se encontrar em circulação há já vários anos. É por esta razão que o departamento de marketing de cor recolhe as peças dos veículos a fim de obter uma visão geral de todas as variantes de cor. Assim, devem estar igualmente disponíveis as fórmulas de pintura destas cores sendo este o motive pelo qual a Standox produz variantes e formulas de serviço. 

3. Colaboração com os fabricantes de pigmentos. Isto ajuda-nos a incorporar rapidamente as tendências de cor actuais e a desenvolver as respectivas fórmulas.

4. Para desenvolver uma cor é utilizado um software especial e patenteado, enquanto os técnicos do laboratório de cor utilizam um microscópio para identificar o tipo de efeito. As leituras de cor requeridas são retiradas através de um espectrofotómetro digital e todos os dados são introduzidos no software. Depois, o software calcula e produz uma proposta inicial para a fórmula de cor.

5. As fórmulas de cor propostas são aplicadas através da utilização de um robô. Este procedimento ajuda a garantir que todos os laboratórios de cor aplicam o material utilizando os mesmos métodos e ajuda ainda a reproduzir as condições de uma oficina.

6. Uma vez que a amostra de tinta se encontre seca, a cor é comparada com o padrão de referência. Atendendo a que diferentes tipos de luz podem ter um impacto significativo sobre a cor, a nova cor é verificada sob diferentes condições de luminosidade. Para produzir a fórmula exacta de cor final, o colorista poderá ter de proceder a correcções adicionais com a ajuda do software.

7. Uma vez aprovada a cor, as fórmulas de cor correspondentes são introduzidas no Standowin e Standowin IQ ficando disponíveis para todos os pintores. Pouco depois, serão realizadas as actualizações das lamelas de cor no Colorbox.